Home / Imprensa / Notícias / Lançado concurso para canalização de gás em residências em Maputo

Lançado concurso para canalização de gás em residências em Maputo

Lançado concurso para canalização de gás em residências em Maputo

Maputo, 6 de Julho de 2017 - A Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH) pretende iniciar, ainda este ano, as ligações de gás natural canalizado para consumidores residenciais na capital do país, Maputo, região que já possui uma rede primária de distribuição deste recurso desde 2014.

Para o efeito, a ENH lançou um concurso público visando seleccionar fornecedores de materiais e equipamentos bem como de serviços necessários, incluindo contadores de pré-pagamento de gás para consumo residencial, para canalização de gás em residências no Aeroporto A, bairro escolhido para acolher a fase piloto do projecto.

O concurso irá decorrer em dois lotes, sendo o primeiro para o “fornecimento de materiais e equipamento, engenharia, obras de montagem, instalação e reparação de defeitos para ligações residenciais de gás natural”.

O segundo lote destina-se ao “fornecimento de contadores de pré-pagamento de gás para consumo residencial e fornecimento, instalação, treino e operação de sistema de gestão de consumos de gás e de vendas em regime de pré-pagamento”.

Na sua fase piloto, o projecto poderá abranger perto de 35 ligações, com um investimento de cerca de 17 milhões de meticais desembolsados pelo Governo, no âmbito do programa de massificação de uso de gás natural.

A anteceder este projecto, a ENH realizou, em 2015, um inquérito no bairro do Aeroporto A visando fazer um levantamento de potenciais consumidores de gás natural canalizado, tendo abrangido um total de 411 famílias que manifestaram esse interesse. 

De referir que o bairro do Aeroporto A é atravessado pelo traçado da rede de distribuição de gás de Maputo, que foi inaugurado em 2014 e é implementado pelo consórcio ENH-Kogas, no âmbito da concessão para a distribuição e comercialização de gás natural na cidade de Maputo e no distrito de Marracuene.

A ENH tem uma larga experiência na distribuição de gás natural canalizado para consumidores residenciais, que começou na região norte da província de Inhambane, onde o projecto da empresa beneficia, actualmente, um total de 1530 consumidores, na sua maioria residenciais. Em 2013, a ENH iniciou, com o financiamento da sua subsidiária Companhia Moçambicana de Hidrocarbonetos (CMH), um projecto de massificação das ligações, o que permitiu o aumento do número de consumidores de 631 para os actuais 1530. 

  • Atualmente 0 de 5 estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Avaliado: 0/5 (0 votos realizados)

Obrigado por avaliar!

Você já avaliou esta página, você só pode avaliar uma vez!

Your rating has been changed, thanks for rating!

Log in to rate this page.

  • %ª Edição do MMEC

    %ª Edição do MMEC