Home / Imprensa / Notícias / ENH na conferência Deepwater em Maputo

ENH na conferência Deepwater em Maputo

ENH na conferência Deepwater em Maputo

Maputo, 10 de Abril de 2017 - A Empresa Nacional de Hidrocarbonetos (ENH) participou, em Maputo, em Março último, na terceira edição do Congress Deepwater da África Oriental & Austral, que se debruçou sobre o estágio e das perspectivas da indústria de hidrocarbonetos na região.

O evento abordou questões relacionadas com investimentos e ponto de situação nas áreas de pesquisa, desenvolvimento e produção de hidrocarbonetos na região, contando com a participação de delegados provenientes da região e de outras partes do mundo.

A ENH fez-se representar pelos directores de Pesquisa, Chocoroua Omar, de Gestão de Operações, António Matola, e do Gabinete de Conteúdo Local, Victor Tivane, que falaram do ponto de situação e perspectivas dos projectos do sector em Moçambique na visão das suas áreas de trabalho.

Falando durante a sua apresentação sobre Monetização de Gás em Moçambique, o Director de Pesquisa da ENH explicou que acções estão em curso visando a implementação de projectos de gás natural no país.

"Isso abrirá oportunidades para o desenvolvimento de muitos projectos de uso de gás daí a necessidade de se estabelecerem parcerias para o aproveitamento dessa janela”, disse Chocoroua.

Por sua vez, o Director de Gestão de Operações, António Matola, falou do desenvolvimento de infra-estruturas destinadas à prestação de serviços de logística à indústria petrolífera em Moçambique e na região, sendo um dos exemplos disso a Base Logística de Pemba.

Na sua intervenção, Matola referiu que a Base Logística de Pemba poderá abrir oportunidades para muitos investidores nacionais e internacionais que operam na área de logística.

Por sua vez, na sua apresentação, Victor Tivane sublinhou a importância do conteúdo local como uma forma importante de incrementar a contribuição dos projectos no desenvolvimento dos países hospedeiros dos investimentos.

Segundo referiu, em Moçambique, as empresas petrolíferas com intenção de investir no país são solicitadas a apresentar um programa de conteúdo local como parte do plano de desenvolvimento dos seus projectos.

“O conteúdo local visa reduzir a ideia de que as empresas petrolíferas vêem aos países, levam todos os recursos e se vão embora”, explicou o Director do Gabinete do Conteúdo Local, sublinhando que “as empresas petrolíferas já têm experiências de outros países onde operam, por isso devem ser vistos como um factor catalisador do desenvolvimento do conteúdo local.

Como forma de aprimorar o seu papel para a maximização dos benefícios dos projectos para o País, Tivane explicou que a ENH, individualmente, está a trabalhar num programa de conteúdo local que deverá contribuir para melhor participação de nacionais no desenvolvimento da indústria.

  • Atualmente 0 de 5 estrelas.
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Avaliado: 0/5 (0 votos realizados)

Obrigado por avaliar!

Você já avaliou esta página, você só pode avaliar uma vez!

Your rating has been changed, thanks for rating!

Log in to rate this page.

  • %ª Edição do MMEC

    %ª Edição do MMEC